Vós

menu

Sidarta Duarte

Jornalista

Filho criado. Pai precoce. Demorou, mas hoje tá casado. Cristão por convicção e gratidão. Jornalista esportivo de profissão. Ainda criança, ao lado do irmão, fazia dublagens para garotada da rua dançando músicas do grupo musical Trem da Alegria no janelão da casa colonial que morava. Na adolescência, passou a fazer couvers das duplas de MCs de funk. Foi escrevendo um rap em homenagem ao filho de uma família ilustre de Itapajé que descobriu a verdadeira vocação: a comunicação social. Quando saiu de Itapajé para estudar jornalismo na capital, queria ser repórter de cultura. Tempos depois descobriu que futebol é também uma manifestação cultural. É daqueles que defendem a tese de que uma partida começa muito antes e termina muito depois do apito final.