Vós

menu
Colunas

[Coração Cearoca] - Ansiedade e acaso: pare para pensar em si

Por Luciana Targino
15.mar
2017

Amanhã eu vou fazer uma prova para tentar uma pós-graduação e eu estou nervosa e ansiosa e com medo de não passar.

Eu tenho 35 anos e já passei por essa situação tantas vezes que pensei: – Vou tirar de letra.

Acontece que falta um dia pra prova e não se sabe qual o teor, nem o conteúdo da mesma e eu estou com medo de não passar.

Eu me mudei pro Rio pra estudar e trabalhar e estou depositando nesta pós-graduação o meu fincar de pés de vez nesta minha nova cidade que amo por, pelo menos, mais um ano e meio.

Engraçado que existem situações que, por mais que já sejam nossas conhecidas, por mais que já tenhamos vivido até momentos mais difíceis, parece que é sempre a primeira vez, que a gente não aprendeu nadinha com o frio na barriga, com o enjoo e com o nó na garganta de outrora.

Chego à conclusão de que é o seguinte: para as emoções não existem treinos, ensinamentos e exemplos dos outros, a gente é sempre aprendiz.

Um amor desfeito não nos ajuda a sofrer menos no próximo. Uma paixão avassaladora não perde seu poder quando já é a décima vez que você sente a mesma coisa: Dessa vez é diferente! Quem nunca?

O medo do novo, medo de falhar, de subir no palco – seja um de verdade ou o palco da vida que vira e mexe, te bota no centro do picadeiro de novo -, de não dar conta, de se esquecer, de confundir. Medo de se decepcionar e, no entanto, lá está você como se tivesse acabado de chegar nesse mundo, crua, crua para as delícias que viver proporciona.

Mas por mais que eu esteja falando que sentir essas coisas é legal, é estar vivo, é fortalecedor, e blá, blá, blá que é mesmo, a verdade é que eu estou tensa com a prova de amanhã. Se eu não passar vai ser tão frustrante, vai ser desnorteante.

Desnorteante porque eu não sei o que eu vou fazer com os meus dias e, Deus do céu, a gente precisa muito de ocupação pra não se encarar de frente. Ou você nunca se deu conta de que enche a agenda de afazeres que é pra não parar para pensar em si?

Conviver com a gente mesma pode ser muito mais difícil do que aturar um chefe chato, um colega mala, um trabalho ruim. Tô falando de conviver mesmo, de ficar por uma hora sem fazer nada, sem olhar pra celular, sem dormir, só pensando, se ouvindo, se questionando.

Quero ver quem consegue sair sozinha, almoçar em um restaurante sozinha, jantar fora sozinha, cinema… E viajar sozinha, quem vai? Eu já fiz isso várias vezes, mas, na penúltima, me deu uma crise de solidão que chorei por dias, e foi em Paris, acreditam? Ai que o ó.

Depois me redimi e passei quatro dias em Londres só. Fui chorando, mas fiquei feliz da vida com tudo de lindo que vivi lá. A vida te surpreende nessas horas.

Pois é, e é isso que é o grande lance, é isso que é o bom ser surpreendido pelos acasos da vida. Acasos que nos pegam desprevenidas, meio desanimadas, até, meio sem esperar por nada. Acasos que nos encontram num dia ruim, numa noite só, na semana que você nem se depilou porque não tinha programa…

Plim, lá vem o inesperado e te causa! Tipo o acaso dessa, que flagrei num dia que estava indo trabalhar.

Espero, de coração, que por acaso a prova amanhã seja ótima. Que ela entenda que podemos ser amiguinhas, eu respondendo suas perguntas e ela dizendo, sim, você está certa e, se o destino conspirar a favor, que eu possa ser aprendiz novamente e que possa me lançar no desconhecido que o conhecimento e o estudo trazem.

Boa prova pra mim.

Boa viagem consigo mesma pra vocês, nem que seja no sofá de casa mesmo.

Colaboradores

Luciana Targino

Luciana Targino

Ver Perfil

Luciana Targino é cearense, publicitária e escritora. Sempre admirou como as pessoas conseguem ter opiniões formadas sobre tudo e ela não. Muda de ideia o tempo todo. Resolveu escrever que é pra dar conta dos pensamentos e sentimentos. Atualmente mora no Rio de Janeiro e divide seu coração "cearoca" entre lá e cá.

Comentários

Quer conhecer mais histórias como esta?


Cadastre seu email abaixo para receber matérias, novidades, eventos, e outras informações na sua caixa de email.

fechar