Vós

menu
Histórias

[Patrimônios Históricos] - Edifício San Pedro Hotel

Por Leila Nobre, Igor de Melo, Michele Boroh

Acredita em Vós

16.dez
2015

“A dois passos do Forte Nossa Senhora da Assunção, quase em frente ao Centro de Artesanato da Emcetur, ao lado do Mercado Central e da Catedral em construção, próximo ao Teatro José de Alencar e no corredor de todas as praias metropolitanas. O hotel mais procurado por quem quer ficar perto de tudo!”

Em 29 de maio de 1959, era inaugurado em Fortaleza o San Pedro Hotel, da Imobiliária Pedro Lazar, de Pedro José Lazar, na Rua Castro e Silva nº 81, esquina com a Rua Floriano Peixoto. Com uma área de 6.086 metros quadrados, 11 pavimentos (contando com o térreo), o hotel contava com sobreloja, restaurante, 78 quartos, elevadores movidos por luz própria a óleo diesel, salão de beleza e sala de reuniões. Ícone da hotelaria de Fortaleza na década de 80, o glamour do conceituado hotel perdia forças mediante a decadência do Centro, conduzindo o San Pedro à sua desativação. O hotel fechou as portas nos anos 90 e passou a ser ocupado pela Secretaria de Indústria e Comércio do Ceará.

O San Pedro era um dos endereços mais procurados por artistas, jogadores, personalidades e políticos, pois nele encontravam conforto e hospedagem. A cozinha do San Pedro Hotel era uma das melhores da cidade. Na boate, as festas eram concorridas e frequentemente animadas por músicos de renome. O entorno do prédio era um charme a mais e valorizava o hotel, como o arborizado Passeio Público, o suntuoso prédio do Palace Hotel (Hoje ocupado pela Associação Comercial do Ceará), o belíssimo prédio da Santa Casa e a histórica Estação João Felipe.

Em 1999 a Secretaria de Indústria e Comércio do Ceará deixa o prédio, que fica abandonado até 11 de abril de 2003, quando é leiloado pela Imobiliária Lazar, proprietária do edifício. O leilão aconteceu no Othon Palace Hotel. Os elevadores estavam parados, e as instalações elétrica e hidráulica precisavam de reparos, assim como quartos e corredores. À época, o administrador do San Pedro, Pedro José Lazar Neto, dizia que um dos possíveis compradores iria transformá-lo em condomínio residencial.

Finalmente, em 03 de julho de 2003, o edifício é vendido. A transação foi fechada entre Francisco Pedro Lazar e Pedro Lazar Neto, proprietários, e o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA, através do seu presidente, Otacílio Borges. O prédio passou por reforma para abrigar a sede do CREA, ganhou um espaço cultural e uma central de atendimento através da qual a entidade oferece uma completa assessoria em termos de elaboração e encaminhamento de projetos de edificações para aprovação e licença junto à Prefeitura.

A reestruturação do edifício custou mais de R$ 1 milhão, estendendo-se por quatro anos para ser concluída. Um dos objetivos do CREA é colaborar com o Programa de Revitalização do Centro. O edifício que estava abandonado e esquecido marcou a história do Centro. Sua compra foi efetivada em 2003 por R$ 660 mil. A inauguração do equipamento aconteceu no dia 17 de janeiro de 2004, ano em que o CREA completava 68 anos de atividades.

O CREA foi fundado em 17 de janeiro de 1936, como Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, depois passou a chamar-se Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará – Crea-CE. Desde 2012, o CREA tem como presidente o engenheiro civil Dr. Victor César da Frota Pinto.

Colaboradores

Leila Nobre

Leila Nobre

Ver Perfil

Leila Nobre é pesquisadora Memorialista. Idealizou e mantêm o site Fortaleza Nobre, onde procura resgatar a Fortaleza antiga, em suas ruas, praças, praias, monumentos. É casada e mãe de três meninas. Ama ler e escrever.

Igor de Melo

Igor de Melo

Ver Perfil

É fotógrafo profissional desde 2008. Já passou pela fotografia de esportes, cobertura social, fotojornalismo, publicidade, documental e autoral. Continua em todas. É apaixonado por esportes de ação, tatuagens, retratos e pessoas. Crê que vai conseguir contar as histórias que quer, surfar na Indonésia e viajar com a esposa.

Michele Boroh

Michele Boroh

Ver Perfil

Nasceu no Dia do Jornalista. Aos 9 criou o Jornal dos Amigos do Prédio, em folha de caderno e à base de canetinha. Agora, aos 31 e após 8 em TV, é coordenadora de conteúdo e colunista de VÓS, com a mesma paixão da infância. É também cronista no Tribuna do Ceará, viciada em livro, cavaquinista de churrasco e mãe de um Bull Terrier. Ariana, de sol e lua.

Comentários

Quer conhecer mais histórias como esta?


Cadastre seu email abaixo para receber matérias, novidades, eventos, e outras informações na sua caixa de email.

fechar