Vós

menu
Escondidinho

Uma cabana medieval na Cidade dos Funcionários

Por Marcela Benevides, Igor de Melo
05.fev
2019

Escondidinho entre residências ali na Cidade dos Funcionários, um portão gradeado, alto e verde com arbustos guarda um lugar que te transporta para uma outra época. Em cada ambiente, uma experiência. Do lado de fora, o ar fresco e as luzes mais claras ainda dão a sensação de estar em um barzinho de rua moderno do século XXI, mas ao cruzar a grande porta de madeira com os letreiros vermelhos onde lê-se “pizza”, o ambiente muda completamente.

Nas paredes de tijolos aparentes, espadas, escudos e ovos de dragão te transportam para os cenários de filmes como O Senhor dos Anéis ou séries de como Game of Thrones. A única diferença é que como música de fundo, ao invés de som de espadas batendo umas contra as outras, você pode curtir um indie rock.

No corredor, as asas de neon quebram o clima mais rústico e te jogam novamente para 2019, mas é só até chegar à Cabana. O ambiente é aconchegante, com luz mais densa. As mesas de madeira com bancos forrados de “peles de urso” te levam, automaticamente, para as antigas tabernas descritas em livros e filmes sobre as terras medievais.

Ainda é um Escondidinho, mas a verdade é que se você ainda não foi, conhece alguém que já esteve lá. A decoração diferente e a famosa pizza de salmão com couve crok são a marca registrada do Robbit – com ‘R’ mesmo, em referência ao Hobbit do Tolkien. O restaurante existe há pouco mais de um ano e rápido se tornou uma das sensações de Fortaleza.

Virginia Gurgel é quem gerencia o restaurante e acredita que a proposta do Robbit tem dado certo devido a surpresa que as pessoas sentem ao chegar ali. “Quando as pessoas veem pela primeira vez elas têm uma surpresa, porque a decoração é diferente, mas te deixa confortável. E a proposta é essa: ter uma experiência além de só ‘comer e ir embora’, é ficar e curtir o lugar.”

E para “ficar e curtir o lugar”, o chef Vanderlei Profiro garante um cardápio diversificado que está em constante alteração, mas sempre mantendo os clássicos. Dos drinks às pizzas, toda receita tradicionalmente conhecida é alterada para ficar “a cara do Robbit”. “Transformar os pratos tradicionais em receitas nossas, fazendo cada um do nosso jeitinho, tem agradado muito o paladar das outras pessoas e essa é a ideia. Chegamos com uma ideia e vamos montando até que tenhamos uma boa receita nova”, pontua o chef.

Dentre os pratos mais pedidos, o que “mais sai disparado” é a pizza de salmão com couve crok. De acordo com Virgínia, ela é a “queridinha dos clientes”. A Trilogia, como é conhecida a entrada com mariscos, também faz o maior sucesso, junto com as pizzas doces de morango com nutella e torta de limão. A experiência medieval gastronômica com uns toques de atualidade está garantida!

Serviço

Robbit

R. Walter de Castro, 374
Terça a quinta – 18h as 23h
Sex a domingo – 18h as 00h

Instagram: @_robbit

 

Colaboradores

Marcela Benevides

Marcela Benevides

Ver Perfil

Ler e escrever são as duas coisas que mais a definem. Gosta de contar histórias sobre pessoas e lugares que inspiram a felicidade e a percepção de que a vida vai além das bolhas em que vivemos, e é na cidade que encontra a sua inspiração. Acredita que o jornalismo é um dos meios para promover a união entre culturas. Importante destacar: tem o sol em leão.

Igor de Melo

Igor de Melo

Ver Perfil

É fotógrafo profissional desde 2008. Já passou pela fotografia de esportes, cobertura social, fotojornalismo, publicidade, documental e autoral. Continua em todas. É apaixonado por esportes de ação, tatuagens, retratos e pessoas. Crê que vai conseguir contar as histórias que quer, surfar na Indonésia e viajar com a esposa.

Comentários

Quer conhecer mais histórias como esta?


Cadastre seu email abaixo para receber matérias, novidades, eventos, e outras informações na sua caixa de email.

fechar